Blog

Psicopatologia em pais de crianças com transtorno do espectro do autismo

06/07/2020

Este estudo reforça a importância de estarmos atentos e cuidar da saúde mental dos pais de crianças com TEA.

Segue trecho da publicação.
“Psicopatologia em pais de crianças com transtorno do espectro do autismo: revisão sistemática e metanálise da prevalência.

Pais de crianças com transtorno do espectro do autismo parecem experimentar altos níveis de sofrimento psicológico, mas pouco se sabe sobre a prevalência de distúrbios psicológicos nessa população. O objetivo desta revisão sistemática e metanálise foi estimar a proporção desses pais que experimentam psicopatologia clinicamente significativa. Artigos relatando proporções de distúrbios psicológicos em uma amostra de pais de crianças com transtorno do espectro do autismo foram localizados. A busca inicial retornou 25.988 artigos. Trinta e um estudos com uma amostra total de 9208 pais foram incluídos na revisão final. As proporções meta-analíticas medianas foram de 31% (intervalo de confiança de 95% = [24%, 38%]) para transtornos depressivos, 33% (intervalo de confiança de 95% = [20%, 48%]) para transtornos de ansiedade, 10% ( Intervalo de confiança de 95% = [1%, 41%]) para transtorno obsessivo-compulsivo, 4% (intervalo de confiança de 95% = [0%, 22%]) para transtornos de personalidade, 2% (intervalo de confiança de 95% = [1%, 4%]) para distúrbios do uso de álcool e substâncias e 1% (intervalo de confiança de 95% = [0%, 5%]) para distúrbios do espectro da esquizofrenia. Heterogeneidade significativa foi detectada nessas categorias. Mais pesquisas são necessárias para obter mais insights sobre variáveis ​​que podem moderar a psicopatologia dos pais. Esta revisão e metanálise são as primeiras a fornecer estimativas de prevalência de distúrbios psicológicos em pais de crianças com transtorno do espectro do autismo.”
.
🔖PRECISAMOS CUIDAR DE QUEM CUIDA!

Dra. Deborah Kerches

Dra. Deborah Kerches
Neuropediatria e Saúde Mental Infantojuvenil
Especialista em Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Últimas publicações

Imitação e Fala

Imitação e Fala

Desde muito cedo, somos capazes de imitar expressões faciais, gestos, sons, entonação, ações, etc. Bebês e crianças são naturalmente observadores e, assim, aprendem a imitar e adquirem os mais diversos aprendizados. A habilidade de imitar é um dos pré-requisitos para...

ler mais
Como trabalhar Inteligência Emocional em crianças com TEA

Como trabalhar Inteligência Emocional em crianças com TEA

Diante dos desafios que a própria condição impõe, torna-se essencial trabalhar a inteligência emocional junto à criança com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Quando a criança aprende a nomear e reconhecer as emoções, ela passa não só a compreendê-las e...

ler mais
Inteligência emocional e Transtorno do Espectro Autista

Inteligência emocional e Transtorno do Espectro Autista

Ao contrário do que alguns pensam, as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) têm sentimentos, desejam expressar tais sentimentos, se relacionar, mas, muitas vezes, podem não saber como. Essa, porém, não é uma regra: na prática clínica, observa-se que...

ler mais
Posicionamento da  SBP sobre o retorno às aulas

Posicionamento da SBP sobre o retorno às aulas

A reabertura das escolas em meio à pandemia da Covid-19 ainda divide "opiniões". Por um lado, o risco de contágio especialmente neste momento em que o Brasil tem apresentado altos índices de contaminação; por outro, a preocupação com os impactos negativos relacionados...

ler mais
Brincadeiras para trabalhar imitação

Brincadeiras para trabalhar imitação

Brincadeiras simples de imitação proporcionam diversão e muito aprendizado! A imitação deve ser consolidada na infância e é pré-requisito para que novos aprendizados em qualquer contexto social sejam mais facilmente incorporados, como desenvolvimento motor, da...

ler mais
Gaming Disorder

Gaming Disorder

A Organização Mundial de Saúde (OMS) atualizou a 11ª edição da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde -CID-11 (instrumento necessário para se avaliar o estado de bem-estar de uma população ou de um país) em 18 de junho...

ler mais
Há benefícios no uso de telas?

Há benefícios no uso de telas?

Já sabemos que os estímulos off-line, o brincar, as relações, não podem ser substituídos por telas. Da mesma forma, devemos reconhecer que a tecnologia não pode ser vista somente como “vilã”: quando utilizada de forma adequada, associada a outros meios de percepção do...

ler mais
Recomendações para o uso de telas

Recomendações para o uso de telas

Diante dos riscos que a exposição excessiva a telas oferece à saúde mental e física das crianças, temos recomendações claras de como elas devem ou não ser utilizadas. Principais orientações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP): ✅Evitar a exposição de crianças...

ler mais
Riscos da exposição excessiva ao ambiente digital

Riscos da exposição excessiva ao ambiente digital

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) já tem alertado, há algum tempo, que as experiências adquiridas por meio das telas, se não forem reguladas, poderão impactar significativamente no comportamento e qualidade de vida de crianças e adolescentes, com consequências...

ler mais