Eletroencefalograma Digital e Mapeamento cerebral

O Eletroencefalograma é um exame que registra a atividade elétrica do cérebro de maneira não invasiva, através de eletrodos colocados no couro cabeludo do paciente por meio de uma pasta condutora de eletricidade. O traçado é feito em vigília, sono espontâneo ou induzido, com trechos de fotoestimulação e é realizado hiperpnéia quando em vigília e o paciente colaborante.
O Eletroencefalograma costuma ser solicitado na investigação de epilepsia e síndromes epilépticas (determinar se as crises são focais, generalizadas, intensidade, localização, entre outros), auxiliar no diagnóstico diferencial de eventos paroxísticos, distúrbios de sono, entre outros.

O exame pode ser realizado em qualquer pessoa e em qualquer idade em que haja suspeita de alguma anormalidade na atividade cerebral.

Mapeamento Cerebral (EEGq)

Este exame permite uma avaliação mais detalhada e completa da atividade elétrica cerebral. Utiliza recursos de informática que permitem quantificação de dados e medidas como frequência, análise das potências absoluta e relativa das atividades das bandas de frequência, auxiliando na investigações de áreas mais específicas do cérebro nas quais já se identificou alguma alteração previamente.

Algumas Orientações para o exame (EEG ou EEGq):

• É aconselhável a privação de sono pelo maior tempo possível.
• Não há necessidade de interromper as medicações em uso.
• Recomenda-se vir acompanhado no dia do exame.
• Os cabelos precisam estar lavados e secos para a realização do EEG, não podendo conter gel, creme de pentear ou outro produto.
• Para crianças menores, os pais ou responsáveis devem ter à mão mamadeira ou alimentos habituais, além de objetos que o bebê utilize para dormir, tais como chupeta, travesseiros, objetos de apego, etc.

Entre em contato ou tire suas dúvidas.