Blog

Dicas para o desfralde no Transtorno do Espectro Autista (TEA)

02/06/2021

đŸ§·O desfralde Ă© uma fase extremamente importante na vida da criança por estar relacionado ao controle sobre algo que Ă© dela. Envolve autopercepção, maturidade emocional e da musculatura dos esfĂ­ncteres anal e vesical. O perĂ­odo de desfralde considerado normal Ă© a partir dos 18 -24meses – quando a criança passaria a iniciar controle dos esfĂ­ncteres – podendo chegar atĂ© os 4 anos.

đŸ§©Em crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista), esse processo pede um olhar especial, visto que costumam existir dificuldades relacionadas Ă  comunicação, a questĂ”es sensoriais, em aceitar situaçÔes novas e seguir instruçÔes; rigidez cognitiva; dĂ©ficits na compreensĂŁo e atenção social, no aprendizado sequencial, entre outras.
Tais particularidades do TEA, porém, podem ser usadas de maneira positiva, como é o caso da adesão à rotina (ou seja, estabelecer rotinas a favor do desfralde, especialmente com a utilização de pistas visuais); enquanto outras podem ser trabalhadas, como as questÔes sensoriais.
Uma orientação importante Ă© que, a partir do momento que os pais – juntamente com a equipe que acompanha a criança – decidirem fazer essa transição, façam isso “por completo”. Colocar a fralda somente em situaçÔes especĂ­ficas, por ex., confundirĂĄ a criança e provavelmente atrasarĂĄ o desfralde. Escapes certamente irĂŁo acontecer e devemos analisar esse comportamento para nĂŁo reforçarmos com atenção ou atĂ© tornar o desfralde aversivo. Se a criança estiver na escola, os educadores e auxiliares tambĂ©m devem ser informados da decisĂŁo e todos devem seguir na mesma linha. A exceção fica para a fralda noturna que, inicialmente, pode continuar sendo necessĂĄria; mas essa deve ser colocada apĂłs a criança dormir e retirada antes dela acordar.

đŸ’™đŸšœO desfralde pode ser menos ou mais difĂ­cil para cada criança. E o processo tende a ser mais desafiador no TEA. Mas, com orientaçÔes, expectativas reais, respeito, muita paciĂȘncia e persistĂȘncia farĂŁo com que o desfralde aconteça da melhor forma possĂ­vel.

Nas imagens vocĂȘ confere algumas dicas prĂĄticas para ajudar no processo de desfralde no TEA.

Dra. Deborah Kerches

Dra. Deborah Kerches
Neuropediatria e SaĂșde Mental Infantojuvenil
Especialista em Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Últimas publicaçÔes

Transtorno do Espectro Autista na CID-11

Transtorno do Espectro Autista na CID-11

🚹Atualização: No relatĂłrio final do site oficial da Organização Mundial da SaĂșde (OMS), nĂŁo consta o cĂłdigo 6A02.4. site: https://icd.who.int/browse11/l-m/en đŸ§©Dessa forma constam os seguintes cĂłdigos para TEA na CID 11. 6A02 – Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)...

ler mais
“O mundo pede saĂșde mental”

“O mundo pede saĂșde mental”

O mundo pede saĂșde mental”. Esse Ă© o alerta da campanha Janeiro Branco de 2022, que chega, mais uma vez, com o objetivo de colocar em pauta questĂ”es e necessidades relacionadas Ă  SaĂșde Mental. É um convite para que possamos estar atentos Ă  nossa prĂłpria saĂșde mental e...

ler mais

Natal: dicas para crianças com autismo

O período de fim de ano traz à tona aspectos importantes relacionados a particularidades do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Isso porque, acontecimentos e preparativos relacionados às festas de Natal e de Réveillon podem afetar, por diferentes motivos, crianças e...

ler mais
Autismo “leve” X Autismo “severo”

Autismo “leve” X Autismo “severo”

Muitas pessoas com autismo nível 1 (“leve”) relatam o quanto seus desafios costumam ser ignorados ou não valorizados. Isso se aplica ainda mais às meninas e mulheres no espectro nível 1. Da mesma maneira, autistas no nível 3 de suporte (“severo”) podem ter suas...

ler mais
Masking Ă© prejudicial no TEA?

Masking Ă© prejudicial no TEA?

A camuflagem social ou masking envolve um conjunto de estratĂ©gias que visam “camuflar”, “mascarar” comportamentos caracterĂ­sticos do TEA a fim de se adaptar e atender Ă s expectativas dos mais diversos contextos sociais. A camuflagem social tambĂ©m Ă© uma estratĂ©gia...

ler mais

Importñncia da IMITAÇÃO para o aprendizado de HABILIDADES SOCIAIS

VocĂȘs jĂĄ ouviram falar sobre a importĂąncia da IMITAÇÃO para o aprendizado de HABILIDADES SOCIAIS?đŸ€·đŸ»â€â™€ïž âžĄïžHabilidades sociais sĂŁo comportamentos aprendidos em contato com o meio e que procuram adaptar o indivĂ­duo a seu ambiente. Nossos repertĂłrios comportamentais sĂŁo,...

ler mais
Prematuridade e autismo: existe alguma relação?

Prematuridade e autismo: existe alguma relação?

Muitas pesquisas tĂȘm se dedicado a descobrir se o nascimento prematuro contribui de alguma forma para maior risco de autismo, ou, ainda, se prematuridade e autismo podem compartilhar influĂȘncias genĂ©ticas ou ambientais. Um estudo recente, considerado o de maior...

ler mais
O que vocĂȘ sabe sobre gagueira?

O que vocĂȘ sabe sobre gagueira?

A gagueira Ă© um distĂșrbio neurobiolĂłgico da fluĂȘncia da fala, que se manifesta na infĂąncia, podendo persistir na vida adulta. AtĂ© 3-4 anos pode ser considerado disfluĂȘncia e faz parte do processo da linguagem. Quando persiste ou surge depois dessa idade, merece...

ler mais

Bullying e Transtorno do Espectro Autista

O bullying corresponde Ă  prĂĄtica de atos intencionais de violĂȘncia, fĂ­sica ou psicolĂłgica, cometidos por um ou mais agressores contra um indivĂ­duo ou grupo. Pode gerar prejuĂ­zos significativos na vida de muitas crianças e adolescentes, tendo eles desenvolvimento...

ler mais