Blog

Psicopatologia de pais e mães de autistas

23/05/2019

Esta revisão e meta-análise publicada em 09/05/19 na Revista científica internacional AUTISM, é a primeira a fornecer estimativas de prevalência de distúrbios psicológicos em pais de crianças com transtorno do espectro autista.

✔️O apoio e suporte aos pais é tão importante quanto o tratamento das crianças e adolescentes com autismo. Pais costumam estar fragilizados com as demandas e expectativas; alguns ainda estão em processo de aceitação.

Os profissionais precisam estar atentos também aos pais, ter um olhar mais sensível, oferecer uma escuta qualificada e orientar sobre a necessidade de se procurar ajuda especializada tão logo identifiquem sinais de sofrimento emocional e mental.

Pais com saúde mental preservada são capazes de contribuir e aderir melhor ao tratamento de seus filhos, o que reflete no sucesso terapêutico e qualidade de vida de todos os envolvidos.

⬇️Confira o resumo do estudo:⬇️ .

Pais de crianças com transtorno do espectro do autismo parecem apresentar altos níveis de sofrimento psíquico, mas pouco se sabe sobre a prevalência de distúrbios psicológicos nessa população. O objetivo desta revisão sistemática e meta-análise foi estimar a proporção desses pais que experimentam psicopatologia clinicamente significativa. Artigos relatando proporções de distúrbios psicológicos em uma amostra de pais de crianças com transtorno do espectro do autismo foram localizados. A busca inicial retornou 25.988 artigos. Trinta e um estudos com uma amostra total de 9208 pais foram incluídos na revisão final. A mediana das proporções meta-analíticas foi de 31% para transtornos depressivos, 33% para transtornos de ansiedade, 10% para transtorno obsessivo-compulsivo, 4% para transtornos de personalidade, 2% para transtornos por uso de álcool e substâncias e 1% para transtornos do espectro da esquizofrenia. Heterogeneidade significativa foi detectada nessas categorias. Mais pesquisas são necessárias para obter mais informações sobre variáveis ​​que podem moderar a psicopatologia parental.

https://doi.org/10.1177%2F1362361319844636

Dra. Deborah Kerches

Dra. Deborah Kerches
Neuropediatria e Saúde Mental Infantojuvenil
Especialista em Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Últimas publicações

Transtorno do Espectro Autista na CID-11

Transtorno do Espectro Autista na CID-11

🚨Atualização: No relatório final do site oficial da Organização Mundial da Saúde (OMS), não consta o código 6A02.4. site: https://icd.who.int/browse11/l-m/en 🧩Dessa forma constam os seguintes códigos para TEA na CID 11. 6A02 – Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)...

ler mais
“O mundo pede saúde mental”

“O mundo pede saúde mental”

O mundo pede saúde mental”. Esse é o alerta da campanha Janeiro Branco de 2022, que chega, mais uma vez, com o objetivo de colocar em pauta questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental. É um convite para que possamos estar atentos à nossa própria saúde mental e...

ler mais

Natal: dicas para crianças com autismo

O período de fim de ano traz à tona aspectos importantes relacionados a particularidades do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Isso porque, acontecimentos e preparativos relacionados às festas de Natal e de Réveillon podem afetar, por diferentes motivos, crianças e...

ler mais
Autismo “leve” X Autismo “severo”

Autismo “leve” X Autismo “severo”

Muitas pessoas com autismo nível 1 (“leve”) relatam o quanto seus desafios costumam ser ignorados ou não valorizados. Isso se aplica ainda mais às meninas e mulheres no espectro nível 1. Da mesma maneira, autistas no nível 3 de suporte (“severo”) podem ter suas...

ler mais
Masking é prejudicial no TEA?

Masking é prejudicial no TEA?

A camuflagem social ou masking envolve um conjunto de estratégias que visam “camuflar”, “mascarar” comportamentos característicos do TEA a fim de se adaptar e atender às expectativas dos mais diversos contextos sociais. A camuflagem social também é uma estratégia...

ler mais
Prematuridade e autismo: existe alguma relação?

Prematuridade e autismo: existe alguma relação?

Muitas pesquisas têm se dedicado a descobrir se o nascimento prematuro contribui de alguma forma para maior risco de autismo, ou, ainda, se prematuridade e autismo podem compartilhar influências genéticas ou ambientais. Um estudo recente, considerado o de maior...

ler mais
O que você sabe sobre gagueira?

O que você sabe sobre gagueira?

A gagueira é um distúrbio neurobiológico da fluência da fala, que se manifesta na infância, podendo persistir na vida adulta. Até 3-4 anos pode ser considerado disfluência e faz parte do processo da linguagem. Quando persiste ou surge depois dessa idade, merece...

ler mais

Bullying e Transtorno do Espectro Autista

O bullying corresponde à prática de atos intencionais de violência, física ou psicológica, cometidos por um ou mais agressores contra um indivíduo ou grupo. Pode gerar prejuízos significativos na vida de muitas crianças e adolescentes, tendo eles desenvolvimento...

ler mais