Blog

Transtorno de Humor Bipolar e Transtorno do Espectro Autista

19/08/2020

O Transtorno Bipolar – TB (alterações de humor com episódios depressivos e especialmente de mania) é relativamente comum entre pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), com uma prevalência de até 27%. Embora essa relação ainda não esteja totalmente elucidada, acredita-se que alguns genes são comuns aos dois transtornos.

O diagnóstico é complexo quando existe a associação entre TB e TEA devido a semelhanças entre alguns sintomas, como, por exemplo, a irritabilidade excessiva e até o humor deprimido.

Nas crianças e adolescentes com TEA, a identificação pode ser mais difícil já que estes nem sempre têm recursos suficientes para expressarem e/ou falarem sobre seus sentimentos, o que pode ser ainda mais delicado se houverem prejuízos importantes na linguagem.

Os pais/cuidadores devem estar atentos a mudanças repentinas de comportamento e/ou a alterações nos padrões de comportamentos que já existiam, como: aumento na fala ou na emissão de sons; mudanças na apresentação da fala (ex.: fala acelerada, sem pausas); episódios de euforia intercalados com episódios de tristeza; irritabilidade e comportamentos mais agressivos; aumento ou retorno de estereotipias; mudanças significativas nos padrões de sono (por ex., sono excessivo e resistência para sair da cama e/ou episódios de insônia); aumento da impulsividade; maior distração; aumento na frequência de rituais; fome excessiva, entre outros.

É essencial que sinais como esses sejam apresentados para o médico que já acompanha a criança/o adolescente para que, se diagnosticada, seja tratada esta comorbidade, que pode em muito prejudicar aquisição de habilidades esperada no tratamento do TEA. O tratamento geralmente envolve medicação (a fim de controlar as variações de humor), intervenções comportamentais e suporte familiar.

Dra. Deborah Kerches

Dra. Deborah Kerches
Neuropediatria e Saúde Mental Infantojuvenil
Especialista em Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Últimas publicações

Puberdade em meninos no Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Puberdade em meninos no Transtorno do Espectro Autista (TEA)

A puberdade é o processo que leva à maturidade sexual e capacidade de reprodução. Em meninos, começa entre 10 e 14 anos e dura por volta de 3 anos. Compreender e lidar com as transformações desta fase, não é tarefa fácil e pode ser ainda mais desafiador para os...

ler mais
Puberdade em meninas com TEA

Puberdade em meninas com TEA

A puberdade é o período de transição da infância para a fase adulta, marcada por diversas transformações físicas, hormonais, emocionais e de maturação do sistema nervoso central. Em meninas, cerca de 2 a 2,5 anos antes da menarca, o corpo já começa a se transformar....

ler mais
Prevenção ao suicídio no Transtorno do Espectro Autista

Prevenção ao suicídio no Transtorno do Espectro Autista

No contexto do Setembro Amarelo, é essencial destacarmos que adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) apresentam 11 a 14% mais chances de tentativas de suicídio e suicídio propriamente dito quando comparados aos pares com desenvolvimento típico. Um fator...

ler mais
O que é Motricidade

O que é Motricidade

A motricidade é a expressão dos movimentos e vai se construindo desde o nascimento. Envolve o ato motor, planejamento motor, percepções sensoriais, equilíbrio, tônus e força muscular, lateralidade, habilidades cognitivas e intelectuais, ritmo, persistência e controle...

ler mais
Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autista

Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autista

Deficiência intelectual ou Transtorno do desenvolvimento intelectual é caracterizado por funcionamento cognitivo e intelectual que não correspondem à média esperada. Aproximadamente 30-40% das pessoas que estão no espectro autista apresentam deficiência intelectual...

ler mais
Transtorno de Humor Bipolar

Transtorno de Humor Bipolar

O Transtorno Bipolar (TB) é caracterizado por alterações de humor que vão de episódios depressivos a episódios de mania (sintomas relacionados a humor elevado), com ciclos que podem durar de dias até meses. Os critérios diagnósticos do DSM 5 incluem mudanças...

ler mais